Eu consumo livros: e às vezes não gosto

Há dois anos eu estava a fim de ler A conspiração fransciscana, de John Sack. Este ano pude, enfim, saciar minha curiosidade sobre o que seria este terrível segredo guardado a respeito do santo por quem tanto simpatizo.

Adoro romances envolvendo intrigas religiosas. Na verdade, adoro uma conspiração. E tinha certeza que amaria o livro. Por isso, não me empolgar nos primeiros capítulos já era indício de alguma coisa errada. No meio do livro, ainda não me sentia 'no clima'. O livro terminou e não deixou saudades.

Mas o mais supreendente foi ler uma crítica na orelha do livro comparando-o a O nome da rosa, de Umberto Eco. Este sim, um livro que não dá para morrer sem ler. Uma das únicas leituras que me fez perder o sono e, pior, me fez sonhar com a narrativa. Quem o leu sabe que não foi uma das noites de sono mais tranquilas da minha vida...

Um comentário:

Fernando Grilo disse...

Se vc gosta de romances devia ler "A coisa é essa" de Marciano Godoi. Veja neste link: http://carol-godoi.blogspot.com/2009/10/o-novo-livro-do-meu-avo.html
ainda não acabei de ler, mas estou achando sensacional. Um abraço.