Uma boa imagem vale mais.

Faltavam algumas horas para reveillon, e Joãozinho estava em uma padaria, com sua cunhada, no centro de Uberlândia, comprando mantimentos para a celebração. Enquanto ela estava ao telefone, ele imaginava quanto trabalho ainda teria para preparar a festa, quando começou a observar o local. "Bacana isto aqui", pensou em voz alta. Uma atendente que estava por perto emendou: "Agora, depois da reforma, sim. Dá gosto comprar aqui. Por que antes da reforma, era uma tristeza. Com a reforma, o faturamento até aumentou e a gente vem trabalhar mais feliz...." A atendente falava com tanto orgulho da padaria que seus olhos até brilhavam.

Ela não estava trabalhando na tarde do dia 31 de dezembro para sua festa de fim-de-ano, a padaria também não é dela. Ela estava trabalhando na véspera do reveillon, na mesma empresa de sempre, como todos os dias do ano. Mas agora, em nova embalagem.

6 comentários:

Rafael disse...

Dudu, tem pesquisa que aponta que mais de 70% das decisões de compra são feitas no ponto-de-venda. Legal ver que uma nova cara na loja deixa o funcionário mais satisfeito também. Isso só melhora a experiência de compra. Dizem que algumas lojas da R. Eletro chegaram a faturar 40% a mais depois de reformadas. Fazer projeto de comunicação de loja é negócio para nós publicitários... dose é quem faz e cobra baratinho (vide onde eu trabalhava, hehe)... aí não pagam bem e ainda sacaneiam o mercado.

Eduardo César disse...

É muito melhor trabalhar em um bom ambiente. Também achei bacana. Não só porque ela estava satisfeita com o local, mas também sentia orgulho de trabalhar lá.
Comunicação em ponto-de-venda dá bons resultados sim. Agora, não se esqueça dos designers e arquitetos que, como nós, trabalham duro nestes projetos. Quanto a esta agência específica... é duro. Agências como ela alimentam um círculo vicioso que canibaliza o mercado. E acaba que somos nós que sentimos na carne.

Leandro "638" disse...

quanto àquele post, acredito q tenha sid coincidência, mas isso é porque o Tabet(KibeLoco) costuma mesmo copiar e não divulgar de onde ... inclusive essa é um dos objetivos do meu blog, criticar plágios da internet.
Valeu, abraço

Eduardo César disse...

Leandro, o seu trabalho é árduo. Em compensação, não faltará assuntos para serem discutidos. Boa sorte.

Redatozim disse...

Engraçado como a gente acha que vive pela grana, mas não é.

Eduardo César disse...

A grana é só um meio para obtermos o que queremos, não o objetivo. É bom como pequenos acontecimentos como o da padaria nos faz lembrar disto.