Lembranças


Consumir um produto de sucesso, receber um serviço que encanta e ter uma experiência de marca inesquecível paracem coisas que pertecem ao mundo do "faz-de-conta". Com muito trabalho e dedicação, é possível ter todas essas qualidades juntas no mundo real, mas um dos pioneiros a conseguir essa proeza, se não veio de, ao menos construiu um mundo da fantasia.

Além dos muitos personagens de sucesso e de filmes de animação, Walt Disney criou um portal por onde podemos passar para um mundo encatado, repleto de fadas, princesas adormecidas, produtos e serviços. Em 1955, na California, surgia a Disneylândia: um parque de diversões em que era possível interagir com os personagens dos quadrinhos. Seus clientes não só consumiam seus produtos, mas vivenciavam sua marca.

Hoje, muitas empresas tentam proporcionar esse tipo de experiência a seus clientes. Lojas e hotéis temáticos, inspirados em diferentes estilos de vida, estão em atividade mundo afora tentando oferecer um momento mágico, mesmo que curto. É até fácil imaginar uma boa experiêcia em um parque de diversões ou em uma mega loja de produtos esportivos. Mas como seria se uma loja de móveis tentasse essa estratégia?

Bem, a loja sueca Ikea está para descobrir. Ela criou um hotel dentro de uma de suas lojas com capacidade para 30 clientes passarem a noite. Provavelmente, oferecer uma vivência de marca não foi o principal motivador da empreitada. Como suas lojas são visitadas por muitos clientes de outras cidades, o hotel gratuito acaba sendo um bom conforto para essas pessoas. Claro que não deve ser uma experiência tão agradavel como na Disney, mas pelo menos você leva para casa, além de suas compras, os lençóis (com a marca do hotel) utilizados para dormir. É ou não é um bom suvenir?

2 comentários:

Redatozim disse...

Outra ligação entre a Ikea e o mundo da fantasia são os comerciais. De cara me lembro daquele do abajur velho que é um lance bastante Pixar.

Eduardo César disse...

É verdade Maurilo. Aquele filme do abajur velho é uma obra-prima.