Agosto é hoje

Fevereiro promete. Começamos o mês com uma batida de carro. Uma ambulância (com a sirene desligada diga-se de passagem) achou que a placa de pare era apenas um enfeite e arrebentou o eixo dianteiro e a lateral do nosso carro. Sem danos físicos, a não ser a dor de cabeça de correr atras do seguro, da oficina e da prefeitura de Raposos. Vamos entrar em acordo?

Uma tempestade tropical deu as boas-vindas ao segundo dia do mês. Com ela, não só a luz se foi pelo ralo como danificou algumas peças do edifício. Nada como muitas horas no escuro para redescobrir o prazer de um bom jantar a luz de velas.

Quando surge o terceiro sol de meio-dia do mês, a bomba de água estraga e deixa o edifício numa verdadeira seca. Para quem apostou que janeiro seria o mês com as maiores despesas, fevereiro mostra que veio com tudo para tomar o primeiro lugar. O mês mal começou e já passou da hora de ele acabar.

4 comentários:

APPedrosa disse...

Ainda bem que são só 28 dias com Carnaval no fim. Credo!

Eduardo César disse...

Ainda bem. Mas sem carro e com despesas extras, o carnaval fica pro ano que vem.

danny falabella disse...

eu pensei exatamente o que APPedrosa disse..é edu..carnaval só no ano que vem né? a não ser que vc queira mais gastos para assumir em março e assim estender o sofrimento..mas creio que vc não é maluco a este ponto...

Eduardo César disse...

Chega de gastos Danny, embora eu seja um pouco maluco (qual publicitário que não é?). Fugirei do carnaval. Ainda bem que nem preciso sair de BH para isso.