É mais ou menos isso.

Uma Brasileira afirma ter sido atacada por três jovens em Zurique. A polícia de lá não acredita muito na história e investiga a própria brasileira. Uma pessoa é morta em BH apenas por estar vestindo a camisa de seu time de futebol antes de um jogo. Como já se não bastava a crise financeira, o ministro das finanças japonês deu um entrevista coletiva parecendo... digamos... meio embriagado.

Sempre foi difícil acompanhar o que ocorre no dia-a-dia. A W/Brasil mostrou isso em uma campanha para a Folha há alguns anos. Nada tão atual.

Um comentário:

romério rômulo disse...

liene e eduardo:
cheguei num levantamento de árvore genealógica no google.da sinhá braba.
um abraço.
romério