Simples Assim

Joãozinho fez uma pesquisa para escolher um novo plano de celular que melhor lhe atendesse. Ele encontrou, em todas as operadoras que atuam em Minas, pontos positivos que chamaram sua atenção. Os planos são muitos similares mas alguns, além de proporcionarem mais economia, ofereciam generosos descontos para trocar seu antigo aparelho.

Não querendo mudar o número de seu telefone, Joãozinho foi à loja de sua operadora. Expôs seus desejos e perguntou para o atendente o que a Oi poderia lhe oferecer já que é cliente há muitos anos. Numa simplicidade, o atendente respondeu: "Nada. Trocando de plano o sr. só terá os benefícios deste novo plano. O melhor é você ligar agora para Oi, cancelar o serviço e contratar um novo aqui na loja. Assim, embora você não mantenha seu número, poderemos te oferecer, além dos benefícios do plano, um desconto de R$ 350,00 para trocar seu aparelho."

Joãozinho saiu da loja com uma única certeza. Nada como as distorções criadas por uma política de remuneração atrelada a novas adesões para fazer com que clientes antigos se sintam desvalorizados.

6 comentários:

Helena disse...

Concordo plenamente Edu. Há uns 2 meses estou tentando trocar de aparelho na Telemig e eles simplesmente me ignoram. Se eu fosse cliente nova, o papo seria outro...

Redatozim disse...

A telefonia celular no Brasil (e digo aqui porque não conheço no resto do mundo) é o espaço ideal para a convivência entre tecnologia e estupidez.

Eduardo César disse...

Com certeza Helena. O tratamento é muito desigual entre novos clientes e antigos. Me fez sentir como se fosse um penetra entre os clientes.

Eduardo César disse...

Tenho que concordar com você Maurilo e fico só esperando qual será a próxima cria que sairá desta relação entre a tecnologia e a estupidez.

APPedrosa disse...

A única coisa "simples assim" em qualquer operadora de telefonia é virar cliente. Depois, é igual a bandido carioca, "perdeu, perdeu".

Eduardo César disse...

Perceber que perdi até vai. O duro foi escutar do atendente: "pede pra sair, pede pra sair."