E o tempo passa.

Bem afortunadas são as salas de espera que possuem não só um sofá confortável como também exemplares recentes das mais diversas revistas. E que tiveram a sorte de abrigar secretárias gentis e educadas.

Desafortunadas são as salas sem conforto. Malditas aquelas que não têm revistas recentes. E bem castigadas as que possuem secretárias que gritam sem parar ao telefone. Atormentando a cabeça de seus vistantes. Essas salas, sim, merecem a pena que lhes foi imposta.

2 comentários:

Redatozim disse...

O que me impressiona na sala de espera é que elas pressupõem e institucionalizam o atraso. Onde escrevi "impressiona", leia-se "irrita".

Eduardo César disse...

É verdade. Nestas salas, só falta um bonequinho eletrônico da nossa querida ministra do turismo balançando as mão e falando: "relaxe e goze".