O exemplo que vem de cima.

Ninguém dúvida da importância que os impostos têm para manter a nossa socidade. Mas nem todos os brasileiros percebem o quanto pagamos. Nossos impostos são caros e o que é pior, eles andam em bando. Provocam o famoso efeito cascata, incidem desde a matéria-prima e vão corroendo até o produto final. Um fenômeno lindo de se ver quando se está no Governo, mas péssimo para se pagar, até para quem está no Governo.

Já há algum tempo nosso Presidente surpreendeu todos ao consumir um DVD Pirata do filme Dois Fillhos de Francisco. Um DVD pirata, aquele mesmo, que é mais barato porque além de não pagar direito autoral também não paga impostos. Recentemente, foi a vez do Ministro da Cultura GilbertoGil, que, segundo a revista Exame, não só tinha um DVD pirata do filme Tropas de Elite como chamou alguns amigos para curtir a sessão privada. Azar dele que apareceu o lanterninha, quer dizer o cineasta José Padilha, de surpresa para encerrar a sessão.

A grande questão que fica é: se nossos governantes consomem seu produtos no mercado paralelo sem pagar imposto, por que nós deveriamos pagar? Será que já não seria hora de abaixar os impostos? Quem sabe se o Senado não prorrogar a CPMF o Presidente e o Ministro da Cultura poderão assim comprar produtos oficiais?

6 comentários:

Liene Maciel disse...

Se esses caras fazem isso, como criticar alguém que vai ao Shopping Oi economizar uns trocados?

Eduardo César disse...

Não há como.

danfalabella disse...

Edu, Edu...tirou o grito da minha garganta!eu mantenho "uma empresa" as duras penas..este governo cretino me leva do bolso muito mais que 16% do meu suado, muito suado dinheiro, da boca da minha filha para ser aplicado como??É esta minha revolta..revolta que aumenta quando a gente vai para fora do pais e vê que o "SUS" deles , por exemplo, parecem clinicas particulares...enquanto que aqui...mas o que mais doi nem é a caralhada de impostos (desculpe o linguajar) mas saber disso..que não temos nem bom exemplo. Tipo façam o que mando mas não façam o que faço...revoltante!

Redatozim disse...

O Senador Renan Calheiros argumentou que o voto secreto para cassações é uma conquista democrática, já que evita que os senadores recebam pressões da sociedade. No entato, a função deles é receber, aceitar e defender as pressões da sociedade pela qual são eleitos. O cargo deles é esse: representantes das pressões da sociedade e eles usam isso como um problema. Aí eu pergunto, como cobrar coerência em qualquer coisa que seja dessas pessoas?

Eduardo César disse...

Bem lembrado Dany, além de ser muito, o dinheiro dos impostos ainda é mal aplicado.

Eduardo César disse...

Coerência? Coerência e comprometimento não duram nem 24 horas no meio político brasileiro.