Seleção Brasileira

O quadrado mágico não deu resultado esperado mas a CBF não abriu mão dos poderes sobrenaturais para conquistar a taça. Depois de apelar para a mágica de Paulo Coelho, a CBF quer continuar no topo da tabela para ter a Copa de 2014 no Brasil e para isso tenta um reforço de peso (muito pouco, na verdade).

Para trazer não só o caneco mas a copa inteira, ela convocou Gisele Bündchen. A modelo ainda esta negociando sua participação na seleção que vai ao anuncio oficial da sede da Copa do Mundo. Mas, de cara, dá para perceber que o reforço faz todo o sentido. Além de bater um bolão, Gisele provoca uma valorizção média de 15% nas ações das empresas que a utilizam em campanhas publicitárias (segundo o economista americano Fred Fuld - Revista Exame).

Aumentar as chances brasileiras em 15% já seria muito bom, mas seu principal papel deverá ser o de confundir a marcação adversária. Afinal, com ela em campo, quem da Fifa vai se preocupar com os problemas de infra-estrutura brasileiros.

6 comentários:

Redatozim disse...

Sem contar que ela pode até chamar umas amiguinhas pra fazerem um freela de cheerleaders.

Eduardo César disse...

Aí, não precisa nem jogar que o caneco é nosso.

Liene Maciel disse...

Cof, cof, cof... perdeu o respeito mesmo...

Eduardo César disse...

Ãh, espero que isto não signifique dormir no sofá.

danfalabella disse...

CHIII VAI ROLAR SOFA HOJE! HAHAHAHA É ISSO AÍ LI, BOTA ORDEM NESTE BLOG! hahahahahaa

Eduardo César disse...

Pô Dany, até tu?