Santa Eficiência

Em tempos de concorrência acirrada não basta apelar para os santos para garantir o pão nosso de cada dia, é preciso controlar os gastos e aumentar a produtividade. Em plena crise global e com aumento da concorrência, até o vaticano resolveu apertar as rédeas sobre seus funcionários. 

Segundo o uol, os funcionários do vaticano, padres, bispos e acerbispos inclusive, terão que bater ponto, como grande parte dos trabalhadores, toda vez que entrarem ou sairem do local. Bater o ponto todo santo dia até que não é uma medida nova para a igreja, mas havia sido suspensa durante 50 anos. 

Só não se sabe se o Papa também terá que bater o seu cartão. Afinal, chefe é chefe em qualquer lugar.

2 comentários:

danny falabella disse...

chefe é chefe aqui, no vaticano e até nos quintos dos infernos hehehe

Eduardo César disse...

Sem dúvida Danny.