Os iluminados

Dar nome a um livro não deve ser uma tarefa fácil. Tem que ser atraente, passar uma ideia do que está nas próximas páginas, instigar, destacar-se na prateleira da livraria.


Como explicar, então, que um autor dê o mesmo subtítulo a dois diferentes livros seus e com assuntos tão diferentes?


Este eu li, faz parte da saga de Ramsés.


Se alguém leu este, que conta a história da vida de Mozart, por favor, me explique o que ele e Ramsés têm em comum para merecerem a coincidência... exceto o fato, claro, de serem ambos Filhos da Luz.

9 comentários:

Anônimo disse...

Caro

Acho que a culpa é do editor brasileiro, fiz uma pesquisa na amazon.com (http://www.amazon.com/s/ref=nb_ss_b?url=search-alias%3Dstripbooks&field-keywords=christian+jacq+mozart&x=0&y=0) e o subtítulo de edições do livro do Mozart em espanhol e em inglês possuem o subtítulo "o grande mágico", e apenas o Hamses é filho da luz.

Parabéns pelo blog, abraço, Flavio.

Anônimo disse...

Caro

Acho que a culpa é do editor brasileiro, fiz uma pesquisa na amazon.com (http://www.amazon.com/s/ref=nb_ss_b?url=search-alias%3Dstripbooks&field-keywords=christian+jacq+mozart&x=0&y=0) e o subtítulo de edições do livro do Mozart em espanhol e em inglês possuem o subtítulo "o grande mágico", e apenas o Hamses é filho da luz.

Parabéns pelo blog, abraço, Flavio.

APPedrosa disse...

Você está propondo um controle de natalidade da luz? Deixa ela ter quantos filhos quiser, Du.

Eduardo César disse...

Oh Ana, eu deixo. Mas este post é da Liene.

RAFAEL PORTUGAL disse...

Só não podem continuar trocando as bolas e usar o mesmo subtítulo para um livro sobre Thomas Edison!

APPedrosa disse...

Então, tá, fala para a Liene não censurar a pobre luz, tadinha!

redatozim disse...

Será que são parentes do Jesus Pinto da Luz?

danny falabella disse...

Gente,
esta luz tem uma renca de filhos..é a maior parideira!

Liene Maciel disse...

Flávio,
a editora teve a manha em errar assim, viu?

Aninha e Danny,
não dá para ficar assim, com a luz parindo filhos a torto e a direito...

Rafael,
não fique dando boas ideias. A editora da biografia do Thomas Edison pode ler e encomendar mais um filho pra luz.

Maurilo,
melhor pergutar pra ela... rs