Este tal de rock 'n' roll

Falar em política sempre termina em desabafo sobre a qualidade (a falta dela, na verdade) dos nossos governantes. Em pleno show do Capital, não poderia ser diferente.

Antes de cantar a música sempre atual (infelizmente) "Que país é este?", o vocalista lamenta a desonestidade dos governantes de Brasília e lembra que até poderia haver alguma exceção. 

Neste momento, ele começa a rir e a narrar um fato inusitado: 

– Depois de um show no Rio, a porta do camarim se abriu e entrou um governador. Fiquei surpreso (risos). Pelo menos o governador de vocês é rock 'n' roll!

2 comentários:

redatozim disse...

Serguei para presidente e Marcelo Nova para vice.

Eduardo César disse...

Sei não, acho que Igor Cavalera e Chorão fariam uma chapa mais do barulho.