Sabotagem

Sempre achei que as precauções adotadas para se evitar espionagem durante concorrências públicas ou privadas um pouco exageradas. Na minha inocência, não esperava que agências concorrentes vasculhassem o lixo à procura de layouts descartados. E, embora acreditasse que só vazariam informações por algum eventual tagarela descuidado, tomava todas as precauções para descareterizar o material que seria descartado.

Não estamos prestes a entregar nenhum material para concorrência. Não tinhamos nenhum motivo para preocupação. Mas, como não se pode acreditar sempre nas aparências, começamos a duvidar das coincidências. Primeiro, a rede da agência foi interrompida ontem a noite sem motivo. Não houve pico de luz, nem nada. Ela simplesmente parou de funcionar. Como em um filme de terror, foi quando a luz se apagou que aconteceram os problemas. Hoje, quando liguei minha máquina, percebi que todos os arquivos da pasta clientes tinham sido apagados. Não estavam no lixo, eles desapareceram sem deixar rastro. Não foi obra de um virus desavisado. O alvo era claro, outros arquivos com a mesma extensão e o sistema foram poupados. Não tiveram misericórdia e nem deram chance de reação. Como disse o técnico: "Isso só poderia ser feito por um homem."

Entraram na agência? Muito difícil. Acesso remoto? Provável, o firewall estava desligado e o acesso remoto era permitido até então. Algum concorrente? Dúvido e muito. Ex-funcionários, ex-fornecedores, funcionários ou fornecedores? Não faço a menor idéia. A lista de possíveis autores é grande, o motivo é  ignorado, a hora e o local já são claros. Só sei que depois de recuperar alguns arquivos e começar a refazer outros, só me resta pedir proteção ao meu santo preferido antes de ir para casa. E, para facilitar as coisa pro São Tomé, acho que não custa nada levar um backup de garantia. 

Valeu pela ajuda Matheus. Deu para recuperar um bocado de arquivos com a sua informação.

10 comentários:

redatozim disse...

São Longuinho, São Longuinho, me ajuda a achar o arquivo que eu dou três pulinhos.

Eduardo César disse...

O problema é que não foi só um arquivo e, também, não foi só em minha máquina. Tivemos baixas em outros 2 computadores. São Longuinho, São Longuinho, se você me ajudar, darei uns trinta pulinhos.

APPedrosa disse...

Parece coisa de filme de espionagem.

Danny Falabella disse...

creeedo Edu..que coisa mais cabeluda...to chocada.

Eduardo César disse...

Parece mesmo Ana, mas com um toque de drama.

Eduardo César disse...

Pois é Danny. Ainda estamos de cabelo em pé tentando descobrir como tudo isso aconteceu.

Liene Maciel disse...

Isso me lembra o dia em que chegamos para trabalhar e descobrimos que tinham sido roubados todas as memórias dos computadores da Comunicação Visual. E eram pcs velhos...

Eduardo César disse...

Há uma grande diferença entre os dois casos Li. No das memórias, as peças roubadas tinham, pelo menos, algum valor comercial. Neste, o responsável só obteve satisfação pessoal e nós ficamos com mais algumas horas de retrabalho.

Danny Falabella disse...

roooga praga!! Merecem ficar com as mãos podres e a consciência um lixo...que odio!

Eduardo César disse...

Boa idéia. Acho que vou tentar. Alguém aí sabe fazer um vodoo?