E não vai sobrar nada...

O politicamente correto realmente invadiu a literatura. Depois das críticas aos livros de Monteiro Lobato, hoje descobri que um dos maiores clássicos da literatura policial simplesmente mudou de nome.
Quem, como eu, ficou horas vidrada neste livro tentando descobrir quem era o assassino, prepare-se. Agora, o mais famoso livro de Agatha Christie virou...

E não sobrou nenhum.

Como assim? Eis a explicação, extraída do site do Submarino.


A inglesa Agatha Christie é uma das autoras mais populares e famosas do mundo. Isto significa que seus títulos estão entre os mais conhecidos. Mas ninguém, no Brasil, poderia se lembrar deste E não sobrou nenhum. Talvez tenha sido encontrado um inédito em algum baú escondido num sótão. Mas, se fosse isto, a mídia com certeza o teria noticiado. Talvez, então, alguém tenha psicografado uma nova história policial. Mas, neste caso, o nome do "médium" não deixaria de ser conhecido. Talvez Agatha Christie não tenha afinal morrido, mas apenas desaparecido, revolvendo agora, aos 118 anos, lançar seu 81º. romance de mistério. Ou, talvez, um de seus conhecidíssimos livros tenha se ocultado atrás de um novo título.

O culpado não é o mordomo, mas um personagem ainda mais cheio de normas, conhecido pelo codinome de 'o politicamente-correto'. Pois foi ele que levou os agentes literários da grande dama inglesa a proporem a mudança de título de O Caso Dos Dez Negrinhos (Ten Little Niggers), o livro mais vendido de Agatha Christie em todo o mundo, e adaptado para o cinema por René Clair. A solução salomônica foi, então, destacar o novo título, retirado de uma canção folclórica inglesa, e avisar na capa que o livro é uma nova versão daquele que foi consagrado pelo público brasileiro.
Pergunto: de que adianta fazer isso se ainda traz o nome antigo na capa?

Um comentário:

Danuza Falabella disse...

ridiculo isso. beirou ao ridiculo. que idiotice. o mundo tá um porre mesmo e agora desrespeita classicos da música e literatura...aff (agatha e Monteiro Lobato com certeza se reviram no tumulo)