Reservado

Aninha iria comemorar seu aniversário em um domingo de feriado prolongado. Marcou o horário de modo que seus amigos que fossem viajar, chegassem a tempo para a comemoração. E como gosta das coisas bem certinhas, ela ligou para o Krug Bier, certificou-se que eles estariam abertos no dia e reservou as mesas antes de disparar os convites.

Chegando na chopperia um pouco antes da hora marcada, a surpresa, o Krug Bier estava com as luzes apagadas e completamente fechado. Em alguns segundos, a incredulidade, a raiva e a ansiendade tomaram conta de seu corpo. Começou a ligar para os convidados, com um misto de vergonha e indignação para remarcar o local em cima da hora. Os mais pontuais, ainda a encontraram na porta daquela chopperia para seguirem em comboio para o Albano's.

Nessas horas, é que nos lembramos da importância da existencia de empresas concorrentes e de como, para algumas, o cliente não é levado em consideração.

4 comentários:

APPedrosa disse...

Às vezes penso que esse blog devia chamar "eu tento consumir". Enfrentar vendedores mal humorados, mal preparados, atendentes desinformados e comerciantes/prestadores de serviço que não dão a mínima ao cliente é, infelizmente, cada vez mais comum. Mas a gente não perdeu nada, estava ótimo no Albano´s. o Krug Bier que perdeu nossas ilustres presenças e também muitos pontos no nosso conceito.

Eduardo César disse...

Concordo plenamente Ana. Muitas vezes é a empresa que dificulta a venda. São situações como essa que jogam a credibilidade de uma empresa no fundo do poço e fazem com que pontenciais clientes não voltem.

Danny Falabella disse...

bem graças a Aninha vou evitar o Krug Beer e tb o café com letras (e bichos na comida)...

Eduardo César disse...

Nem me fale. Você tem alguma indicação de um lugar bacana e confiável?