Revolução das loiras

Cansada de ver as loiras serem estigmatizadas de sexys e burras, a Olialia, um empresa que atua em 75 setores (desde produção de softwares, refrigerantes até musicas) na Lituânia, resolveu agir para reverter este quadro e vem causando polêmica na Europa (via Uol).

A empresa, que diz que possuir todo o seu quadro de funcionários preenchido por mulheres loiras (naturais ou não, sem preconceito), anunciou que abrirá um resort em 2015 nas Maldivas que também só terá funcionárias loiras. E não é só isso, serão oferecidos voos diretos para ilha e no avião a tripulação também será formada totalmente por loiras.

A empresa justifica sua política de RH com um discurso de uma tentativa de romper um estereótipo de que as loiras são menos inteligentes. É claro que o anúncio da criação deste resort já provocou reações. A empresa esta sendo acusada de discriminação por sua política. 

Agora, embora a Olialia diga lutar contra estereótipos, sua propaganda vende utilizando outro estereótipo: o de loiras sexys, mas inteligentes é claro. Os anúncios mostram mulheres loiras, sensuais, trabalhando em um laboratório ou em ambientes corporativos. E por que usar um estereótipo afinal? Porque esse vende. E muito. A projeção de lucro da empresa para este ano é animadora e a empresa afirma que 80% da população do país já identifica sua marca.


Como se pode ver, elas podem ser loiras, sexys e discriminadoras, mas de burras elas não têm absolutamente nada.


5 comentários:

pritt disse...

du, quando eu pintei meu cabelo de loiro eu comecei a me sentir muito burra (por ter pintado rsrs)...ele começou a quebrar e depois a cair. a tinta acabou com ele :P

Eduardo César disse...

É, não dá para tirar sua razão. ; )

duanemaciel disse...

gostei!!!! acho que vou me candidatar para trabalhar nesta empresa...rsrsrs

Eduardo César disse...

É uma opção. O perfil que eles buscam, você já tem ;)

Aline Rodrigues disse...

Análise do uso do estereótipo como recurso criativo na propaganda http://discutindoaredacao.wordpress.com/2010/10/28/sorria-voce-esta-sendo-estereotipado/